sábado, 5 de junho de 2010

Essa tal de Jabulani...

Por Walace Teixeira

Pois é, faltando poucos dias para a Copa do Mundo da África, as seleções vão chegando na África do Sul, e com isso, já se intalou o clima de copa ao redor do planeta. Os times vão chegando, e precisam treinar, então precisam de uma bola, certo? Óbvio, mas o que vêm causando polêmica é exatamente o instrumento de trabalho dos jogadores, a bola.

A Jabulani (no dialeto Zulu), que em português significa, celebração, não vem agradando os brasileiros e alguns outros jogadores. A bola foi feita especialmente para a Copa, foi testada por físicos em túnel de vento, contém 11 cores, que representam as etnias e dialetos da África do Sul, mas nada disso serviu para poupá-la de críticas. Certamente a bola deve ter custado alguns milhões a fabricante, que é a Adidas, patrocinadora oficial da Copa.

Para o brasileiro, goleiro mais que titular da seleção, Júlio César, a bola 'parece com aquelas de supermercado'. Até então não é de se esperar que o goleiro elogie a bola, afinal, dizem que é uma bola leve, que pega muito efeito, ou seja, péssima para quem tem que evitar os gols, mas muito boa para quem deve marcar os tentos. Então era de se esperar uma posição contrária dos atacantes e demais jogadores de linha, mas não é o que acontece, Luís Fabiano, Felipe Melo e Júlio Baptista também reclamaram, até mesmo o atacante Robinho, que disse que 'O cara que fez essa bola nunca deve ter jogado futebol'.

Pois bem, será que essa bola é realmente ruim? Não posso afirmar, nunca joguei com ela, mas quem não deve estar nem um pouc feliz é Herbert Hainer, presidente mundial da Adidas, que busca ter uma grande evolução da marca na América Latina, e com tais críticas, acaba dando aquela desvalorizada, péssima em qualquer negócio.

O que chama a atenção, é que a seleção brasileira é patrocinada pela Nike, a grande empresa do ramo, e maior rival em termos de mercado, da Adidas. Seria então uma disputa entre concorrentes? Pode ser, mas nós não temos como saber.

A copa vai começar, será que depois de alguma derrota vai ter gente culpando a bola?

Fonte: http://walacefc.blogspot.com/

7 comentários:

Net Esportes disse...

você tocou em um ponto crucial, eu não duvido nada da Nike .... não dúvido nada desse guerra de grandes marcas .....

No mais se eu não me engano tentaram fazer uma bola nova na NBA e os jogadores reclamaram tanto que voltou a bola antiga ..... não vai ocorrer isso nessa Copa mas é provável que essa bola aí não tenha futuro depois da Copa .....

Futebol, cinema, etc! disse...

É esquisito essa história, afinal, o Kaká, patrocinado pela Adidas, não reclamou da bola, o que deixa ainda mais no ar essa questão.Na minha opinião, a declaração de Kaká deixou claro que isso é uma guerra de marcas, afinal, são rivais no mercado, e são duas marcas gigantescas, e poluir a imagem da adversária no mercado e torná-la menos competitiva é o que tem de melhor para a Nike.

FilipeJMS disse...

Bola boa é a bola quadrada do Kiko, ahahahaha. Com essa eu tinha chances de virar profissional!!
Mas falando sério, eu acho q tudo é questão de tempo até se acostumar com a nova bola, todo início de competição é a mesma história...

Thiago de Barros disse...

Com certeza! Aqui no Brasil, o discurso de uma eventual eliminação já está pronto: é a bola. Amigo, estou passando para desejar uma ótima semana. Sexta, a bola rola p/ Copa do Mundo. Grande abraço!
http://grandesselecoes.blogspot.com

Gremista Fanático disse...

Acho que os jogadores foram na onda do goleiro Julio Cesar que reclamou da bola, goleiros tendem a reclamar mais da qualidade da bola, achei um certo exagero, mas vamos ver se a Jabulani nao atrapalha muito nessa Copa, rsrs, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Vinicius Grissi disse...

Todo campeonato que vai começar é a mesma história: jogadores (principalmente goleiros) reclamando da bola. As bolas tendem a ficar cada vez mais leves e isso dificulta mesmo. Mas, é natural. E a adaptação é fácil.

Ron Groo disse...

É questão de gosto, alguns elogiaram, outros reclamaram...

Os antigos jogavam com bolas de mais de meio quilo de peso. Os jogadores de agora são muito manhosos.

Blogger templates

Your email address:


Powered by FeedBlitz

Obrigado pela visita de todos vocês!

Locations of visitors to this page